quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

O que colocar no perfil profissional do meu currículo?

Essa seção do currículo tem, com uma certa frequência, sua importância ignorada por muitos candidatos a emprego, seja por desconhecimento da sua importância e objetivos, seja pela incapacidade de elaborar um conteúdo objetivo, coerente e objetivo. Não se preocupe, você é capaz de fazê-lo, basta seguir essas simples dicas.

O que é o campo "Perfil Profissional" dos currículos?
É a melhor oportunidade para você apresentar os seus melhores argumentos ao empregador para vender a si mesmo!
Essa frase deveria ser suficiente para convencer qualquer um, mas para não correr o risco de passar no vazio, vamos falar um pouco mais sobre isso.

O currículo é o principal canal à nossa disposição para vendermos um produto muito especial, único no mercado, nós mesmos. Ele nada mais é do que uma espécie de propaganda do nosso trabalho, da nossa experiência, de tudo o que somos  e sabemos. Já o campo Perfil Profissional, é uma espécie de resumo, aquele texto em letras grandes e destacadas que fica no panfleto de propaganda, que tem como principal objetivo chamar a atenção do empregador. Se conseguirmos pescá-lo através desse resumo, as chances de ele se interessar pelo restante do currículo são muito maiores.

Podemos comparar o Perfil Profissional àquele argumento de venda decisivo que o bom vendedor usa quando o cliente diz assim: "Me convença com meia dúzia de palavras de que eu preciso do seu produto/serviço". Essa meia dúzia de palavras deve ser o melhor argumento de venda, um tiro certeiro no coração, deve fazer com que o cliente fique com a sensação de que, se não comprar, estará perdendo algo realmente valioso e único. Esse pequeno parágrafo deve descrever quem você é, o que você sabe fazer e onde você quer chegar.

Qual o principal objetivo do Perfil Profissional?
Informar, impressionar e convencer!
Basicamente é tudo o que o empregador quer e precisa saber antes de decidir se vale a pena ler o restante do seu currículo. Essa afirmação nos dá uma ideia da importância que deve ser dada à esse bloco de informações que fica no topo do seu currículo e, principalmente, o motivo pelo qual ele deve ser uma das primeiras coisas que será lida.

Como preencher o Perfil Profissional?
Personalização e objetividade
Adapte  o seu perfil para cada oportunidade de emprego e cargo, lembrando de destacar as suas experiências mais relevantes para a vaga em questão.Assegure-se também de que seus objetivos profissionais sejam compatíveis com a oferta.

Muito frequentemente você enviará seu currículo para vagas divulgadas online por agências agências e não será possível personalizá-lo de acordo com os empregadores de forma individualizada. Nesse caso, configure o currículo de acordo com a descrição das vagas para as quais você está se candidatando.

É fato que tendemos a escrever perfis bem genéricos para tentar chamar a atenção dos recrutadores, mas fique certo de uma coisa: é muito mais provável que você seja chamado para uma entrevista se conseguir direcionar o foco do seu currículo para cada oportunidade de forma individualizada.

Não utilize mais do que 100 palavras e resuma sua qualificação e objetivo profissional em uma única frase. Só isso já é um grande desafio para a maioria, então mantenha o foco no que realmente você pode oferecer para cada vaga desejada.

Alguns exemplos
"Professor de Português, com especialização em Literatura barroca, forte perfil de liderança, busca papel como Professor Coordenador de pesquisa em Universidades do Estado de São Paulo."

"Gerente de Projetos com 8 anos de experiência em implantação de projetos de Segurança Industrial, agora busca o papel de Gerente de Projetos no ensino superior, instituto de ensino ou um órgão público."

"Especialista em recrutamento universitário, com experiência de 10 anos em recrutamento de estudantes internacionais e larga participação no papel de gestor de equipes de recrutamento e admissão de alunos."

Um grande abraço!